domingo, 24 de junho de 2012

O INVERNO NO BRASIL



Hoje amanheceu inverno... Literalmente, de forma bem típica choveu e o dia começou ficar cada vez mais nublado, apenas chuviscando, como falamos aqui.
Mas a noitinha (final de tarde e começo da noite)* a chuva chegou bem forte, com muito vento e um ar mas fresquinho, quase frio.
As ruas ficaram alagadas e nós que à meses morríamos de calor, ficamos em casa assistindo TV e, acreditem! Vestimos uma roupa mas quentinha e eu tirei minhas roupas de meia estação para por na máquina amanhã e cruzar os dedos para o inverno ser generoso.
Adoro deitar ouvindo a chuva cair, como também gosto de me vestir estilo executiva, portanto se o frio vier estarei preparada e um pouco mas feliz!
Sou como as estações do ano, tenho alma de artista e esta sensibilidade me remete aos outonos e invernos para poder voltar inteira as primaveras e verões da vida.


DIA DE FOGUEIRA



Estou aqui na casa do Tio Beto para prestigiar mais uma vez a tradicional fogueira de São João. Meus filhos são adultos hoje, e eu como toda mãe coruja estou morrendo de saudade da época em que nesta mesma fogueira do tio Beto, ficava em Virgília total com eles soltando fogos e correndo de um lado para o outro vestidos com roupa típica.
É claro que tirei fotos, mas não consigo postar com fotos nos últimos dias...
A noite está linda, não faz mas tanto calor porque estamos tecnicamente no inverno, o ar cheira a fumaça da lenha fresca das fogueiras, temos uma bela mesa de comidas típicas lá dentro e muitas crianças acompanhadas de seus pais que ou são meus irmãos e cunhadas, ou amigos muito queridos.
Nos divertimos muito com a farra dos fogos porque os adultos se envolvem um pouco para proteger os filhos e um pouco para voltar no tempo, assim como eu.
Esta, foi sem sombra de dúvidas uma noite muito divertida, mas não deixou de ser nostálgica. Liguei para meu filho ouvir o barulho dos fogos e em seguida corri para o computador e via SKYPE, me comuniquei com minha filha que estuda e trabalha em outro País.
O tempo passa!




sexta-feira, 22 de junho de 2012

É VERÃO EM NEW YORK




Tenho uma ligação interessante com New York, sempre tenho alguém muito ligado que vai sempre ou morando nesta Cidade Fantástica à qual em simplesmente adoro.
A semelhança entre New York e São Paulo é para mim uma comparação de Urbanismo. É interessante não ser de lá e poder usufruir do que há de melhor nas grandes Metrópoles.
Algumas pessoas me denominam excêntrica! Não descordo mas sugiro que me vejam como eclética.
Sou capaz de sentar no Central Park e ficar observando o vai e vem frenético, ou estar preguiçoso dos habitantes por horas a fio, perco a noção do tempo. Viajo na viagem deles, principalmente quando dou sorte de encontrar um músico tocando seu instrumento embaixo de uma ponte para que o som tenha uma arcustica melhor. Eles, assim como eu, conseguem nuetralisarem-se e perdere a noção do tempo.
Gosto muito do Outono em New York, mas não posso deixar de achar que na primavera as pessoas esbajam uma felicidade sem igual.
Do inverno dispenso comentários porque a neve é um atributo a mais na realidade fabulosa das festas Natalinas. Isso sem falar das compras, que são maravilhosas sempre! E mesmo que se trate de uma pessoas como eu, avessa a compras quando viaja, são simplesmente irresistíveis e mesmo que sejam denominadas de básicas, são extremamente úteis. Tenho um cavalete gaveta de pintura fantásticamente útil. E todos perguntam onde comprei!
Mas e o verão... Gente o verão em New York é terrivelmente quente, demasiadamente abafado, inacreditavelmente lotado, as pessoas saem de casa para se refrescarem como podem. O Central Park, palco de verdadeiros desfiles em suas carroagens e limosines, transforma-se numa praia, com pessoas de biquine na grama e crianças tomando banho nas fontes. 
E se for para preferir uma boa estação do ano para ir à New York, eu particularmente não escolho o verão.


PS. Sem fotografia mas uma vez!!!


quinta-feira, 21 de junho de 2012

FESTA DE SÃO JOÃO


Queridos leitores não estou conseguindo publicar post's com fotografias, o que é uma pena.
O São João é uma festa multi colorida, dançantes, musical e muito alegre, gostaria de mostrar um pouco da Xita com suas padronagens em flores da mas diversas cores;
O tremular das fitas multicoloridas usadas nos adornos das vestimentas das matutas;
A Riqueza de detalhes dos vestidos de festa;
Trajes de quadrilhas, coco de roda e forró.

Impossível! o BLOGGER não me permite tamanha façanha. Como devem ter percebido fiz alguns poucos post's sem ilustração fotográfica, que na minha opinião tanto enriquece os mesmos.

No mais um bom São João para todos os Nordestinos!

quarta-feira, 20 de junho de 2012

BOLO PÉ DE MOLEQUE



Delícias do Nordeste

INGREDIENTES:

- 1 Kg de massa de mandioca
- 2 xícaras de chá de açúcar
- 1/2 xícara de chá de margarina em temperatura
ambiente
- 4 ovos
- 2 xícaras de chá de leite de coco
- 150 g de castanha de caju
- 1 colher de chá de canela em pó
- 1 colher de chá de cravo em pó
- 1 colher de chá de erva doce
- 1 colher de sopa de café bem forte
- 1 colher d e chá de fermento em pó
- 1 pitada de sal
- castanhas de caju cortada pela metade para decorar

Misture a massa de mandioca com o leite de coco, o
açúcar, a margarina e o café. Misture a canela, o
cravo, a erva doce, as castanhas, o fermento e o sal.
Junte à massa anterior. Bata as claras em
neve, vá juntando as gemas uma a uma sem parar de bater
e depois misture delicadamente à massa. Despeje em
forma untada, decore com as metades de castanhas e leve
ao forno médio cerca de 1 hora.

Dica: Massa de mandioca não é a mesma coisa que farinha
de mandioca. Assemelha-se com a mandioca ralada fina, é
um pouco úmida e quando é apertada entre as mãos, forma
um bolinho que não solta rápido.
Aqui em Alagoas é conhecida como Massa puba.




segunda-feira, 18 de junho de 2012

XOTE POR LUIZ GONZAGA



O Xote Das Meninas

Luíz Gonzaga



Mandacaru
Quando fulora na seca
É o siná que a chuva chega
No sertão
Toda menina que enjôa
Da boneca
É siná que o amor
Já chegou no coração...

Meia comprida
Não quer mais sapato baixo
Vestido bem cintado
Não quer mais vestir timão...
Ela só quer
Só pensa em namorar
Ela só quer
Só pensa em namorar...

De manhã cedo já tá pintada
Só vive suspirando
Sonhando acordada
O pai leva ao dotô
A filha adoentada
Não come, nem estuda
Não dorme, não quer nada...

Ela só quer
Só pensa em namorar
Ela só quer
Só pensa em namorar...
Mas o dotô nem examina
Chamando o pai do lado
Lhe diz logo em surdina
Que o mal é da idade
Que prá tal menina
Não tem um só remédio
Em toda medicina...

Ela só quer
Só pensa em namorar
Ela só quer
Só pensa em namorar...
Mas ela só quer
Só pensar em namorar!!

ASA BRANCA A SANFONA DE LUIZ GONZAGA

 

Asa Branca

Luíz Gonzaga

Quando olhei a terra ardendo
Qual a fogueira de São João
Eu perguntei a Deus do céu, ai
Por que tamanha judiação
Eu perguntei a Deus do céu, ai
Por que tamanha judiação

Que braseiro, que fornaia
Nem um pé de "plantação"
Por farta d'água perdi meu gado
Morreu de sede meu alazão
Por farta d'água perdi meu gado
Morreu de sede meu alazão

Inté mesmo a asa branca
Bateu asas do sertão
"Intonce" eu disse, adeus Rosinha
Guarda contigo meu coração
"Intonce" eu disse, adeus Rosinha
Guarda contigo meu coração

Hoje longe, muitas légua
Numa triste solidão
Espero a chuva cair de novo
Pra mim voltar pro meu sertão
Espero a chuva cair de novo
Pra mim voltar pro meu sertão

Quando o verde dos teus olhos
Se espalhar na plantação
Eu te asseguro não chore não, viu
Que eu voltarei, viu
Meu coração
Eu te asseguro não chore não, viu
Que eu voltarei, viu
Meu coração


HOMENAGEM AOS CEM ANOS DE LUIZ GONZAGA





Luiz Gonzaga com sua Asa Branca, cantava não há ó gente ó não, o Luar como este do sertão!







Hoje acordei com a musica de Luiz Gonzaga, O Rei do Baião,era a Escola da rua que moro e os alunos estão ensaiando para o famoso concurso de quadrilhas em Alagoas, que em seguida as vencedoras participarão do concurso Nordestino.
Acordei e fiquei na cama ouvindo além da musica, as professoras fazendo as marcações da dança e imediatamente fui arremetida aos tempos de adolescencia quando eu dançava, nossa quadrilha marcada por Geraldo Lyra não participava de concurso, mesmo porque eles não existiam, mas era famosa e convidada a se apresentar em muitas Cidades.
Acreditem queridos leitores; o São João é a maior festa Nordestina e também a mais alegre, colorida, musical e especial.
Este ano estamos comemorando os cem anos de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, tocando em sua sanfona a quem ele denominou de Asa Branca, fazem até hoje a alegria de todos que gostam de dançar forró.



sábado, 16 de junho de 2012

FESTEJOS JUNINOS/QUADRILHAS



CONCURSO DE QUADRILHAS


O Nordeste encontrou um colorido especial, associando-se à música, aos fogos de artifícios e à comida de milho. Como as coreografias eram indicadas em francês,cuja  marcação caracteriza a maioria dos passos da quadrilha junina. A criatividade popular encarregou-se de acrescentar novos passos como, Caminho da roça: Olha a chuva! É mentira. A Ponte caiu! É mentira. Olha a cobra! É mentira. A grande roda, damas ao à direita, procurando seus pares, quando chegar aos seus lugares balancé. E também outros figurantes como os do casamento matuto: o noivo e a noiva, o padre, o pai da noiva, o juiz e o delegado. O casamento matuto, hoje associado à quadrilha é a representação onde  da severidade dos pais, do sexo pré-nupcial e suas conseqüências, do Coronelismo. O enredo é quase sempre o mesmo com poucas variantes: a noiva fica grávida antes do casamento e os pais obrigam o noiva a casar. Este se recusa, sendo necessário a intervenção da polícia. O casamento é realizado com o padre e o juiz, sob as garantias do delegado. A quadrilha é o baile em comemoração ao casamento. O enredo é desenvolvido em linguagem alegórica, transformando a situação em uma grande festa e carregando no sotaque do interior.

Os passos e a movimentação dos pares da quadrilha em subgrupo, rodas, filas, travessias e outras figurações são ensaiados nos fins de tarde ou à noite, durante os fins de semana do período preparatório. O marcador da quadrilha, que anuncia os passos, poderá ou não fazer parte da dança. É escolhido entre os mais experientes membros do grupo ou é uma pessoa convidada para esse fim. Rapazes e moças em fila indiana vestidos com roupas típicas do matuto do interior , em pares alternados, braços para baixo, colocam-se frente a frente (vis a vis) aguardam a música da orquestra, que é normalmente composta por um sanfoneiro, zabumbeiro e triângueiro, só então  o marcador começa  a quadrilha.




terça-feira, 12 de junho de 2012

DIA DOS NAMORADOS


 

Interessante a vida, que de romântica  nada tem.
Ninguém é feliz, mas alguém em algum lugar,
 nesse momento está feliz!

Romântica a vida, que de interessante tudo tem.
Todo mundo é feliz, mas alguém em algum lugar,
 nesse momento está infeliz.

Romântica é a data de hoje, alguém comemora também.
 E esse alguém precisa necessáriamente
 ter namorado para ser feliz?
ou não ter namorado para ser infeliz?

(Rosário Lyra)


sábado, 2 de junho de 2012

BEM VINDO SÃO JOÃO!




SÃO JOÃO É MÊS DE JUNHO NO NORDESTE



É como um divisor de águas, esperança nas chuvas  para plantação vingar e trazer ou não o pão de cada dia. E acreditem! Se isso não acontecer o Nordestino de raiz não perde a fé nem a alegria de viver.



A magia do São João!
No mês de São João se vestem de chita e volta ao mundo, enfeitam com fitas flores o cabelo e capricham nos chapéus. Deixam a tristeza em casa e se entregam de corpo e alma aos festejos juninos.





Comidas Típicas Nordestinas
Colhem os feijões e o milho verde para a base das comidas típicas, que são enriquecidas com coco, amendoim,castanha de caju, cravo, canela e amor.




A Banda de Pífano
E quando chega a Banda de Pífano ou sanfoneiro do Trio Nordestino,puxa o fole tocando um bom forró pé de serra, as morenas chegam graciosamente de saia rodada e o cabra macho por mais valente que seja, se rende aos encantos do amor que Santo Antônio mandou.