sexta-feira, 18 de março de 2011

HOJE SERIA VERÃO!!


Imagem meramente ilustrativa

        

Saudade...  Fiquei presa na estação, outrora definida
Aqui se fez inverno no verão, careço outono, me planto no inverno
Ah! a primavera... se flor séria rosa

Na cinzenta tarde, nos raios e trovões se fez minha insônia.
Intenso inverno, sinto o liquido som do vento. Frio cortante.
Por medo da  tempestade entristeço de pronto.

Não posso ser sem outono
  sou folha outrora verde que  voa ao vento e  volta à terra pálida de siena.
Conforto, encontro na madeira que alimenta o fogo da lareira,
 caricia de peles macias...
Luvas, chapéus, echarpes, cachemir,cardigans...

É tempo de ressurgir nas cores da primavera,
vermelho, amarelo, lilás, verde e rosa,
respirar perfume de flores, assistir a semeadura do pólen,
 o nascimento dos brotos
vida surgindo, florescendo, amadurecendo frutos,
 quero comer tua pele intacta amêndoa.

Sentir o calor no verão dourado, tua pele morena,
 maçãs do rosto cor de jambo.
Ouvir redondo o barulho do sol amarelo brilhante
 raios surgindo dourados 
deitando no azul do mar profundo ao entardecer prateado...

Não mudo as estações do ano
Para seguir te olhando
Isso é quanto te quero
Sucede que tanto vivi
Chego a me crer pomar
Flores alegres, fruta madura, avelãs escuras,
Gosto silvestres de beijo primaveril

(Rosário Lyra)

6 comentários:

Anônimo disse...

Rosário,

Escreve bem, devia investir mais nisso!

Beijos

DYDHA LYRA disse...

ROSÁRIO,
EITA ALMA SENSÍVEL!!! ESSE TEXTO TEM METÁFORAS LINDAS,QUE SÓ QUEM CARREGA POESIA NA ALMA PODERIA DISPOR!!!
DYDHA LYRA.

Maria do Rosario disse...

Anômimo(a)

Obrigado pelo elogio.
Estou realmente praticando este novo exercício, me dedicando a escrita um pouco mais.

PS. Quando não conseguir comentar com perfil, assine para que possa saber quem comentou.

Rosário

Maria do Rosario disse...

DYDHA,

Acredito que a vida fica mas bela se vivida com poesia.

Obrigado,

Anônimo disse...

Rosário,

É belo o curso da natureza, as quatro estações do ano...Processo natural de renovação.
Que crônica linda!

Carmem

Maria do Rosario disse...

Carmem,

Obrigado, você é muito gentil.
Também adoro ver as quatro estações do ano assim bem definidas.

Um beijo,
Rosário